“Fura fila” da vacina em CG? Vereadora e médica pedem investigação

Reportagem do ‘Portal Paraíba Já’ dá conta de denúncias feitas por pessoas que estariam “furando a fila” da vacina contra covid-19 em Campina Grande e o pior, com o aval do gestor Bruno Cunha Lima.

A primeira etapa de imunização foi iniciada na terça-feira (19). Neste primeiro grupo, serão vacinados os profissionais de saúde e idosos.

De acordo com a vereadora Jô Oliveira (PSB), foi a própria população do município que a procurou, denunciando a ação. Ela disse que espera o pronunciamento e posicionamento da gestão.

“Tenho sido procurada pela população sobre alegações de que pessoas que não estão contempladas neste primeiro grupo apto a receber a vacina, estão recebendo os imunizantes furando a fila de prioridade. Espero que a Prefeitura de Campina se pronuncie e investigue essa situação inaceitável”, destacou.

Ainda segundo a reportagem do referido portal, a médica e ex-candidata a vice-prefeita de Campina Grande nas últimas eleições, Tatiana Medeiros, usou as redes sociais para anunciar que irá acionar o Ministério Público da Paraíba (MPPB), com o objetivo de apurar as denúncias.

“Amanhã, formalizarei denúncia no ministério público, com as provas colhidas e produzidas, pelos próprios vacinados, que furaram a fila de prioridade na vacinação contra à COVID-19 em Campina Grande. Ser amigo do Rei, garantiu essa prioridade”, afirmou em publicação no Twitter.

Confira: