Após intensa fiscalização, Procon-JP e SEMOB viabilizam medidas junto ao SINTUR para melhorias no transporte público e combate ao covid-19

Após operações de fiscalização da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, são colocadas em prática a partir desta quinta-feira, dia 11, ações preventivas e emergenciais no transporte coletivo de João Pessoa-PB, a fim de evitar aglomerações nos ônibus e garantir o cumprimento do protocolo de segurança em relação à Covid-19.

O plano prevê a disponibilização de 18 veículos extras das 17h às 18h30, em dias úteis, com os ônibus saindo direto das garagens para o terminal da Lagoa, a fim de dar vazão, de forma rápida e segura, à grande demanda de passageiros que se deslocam daquele ponto para os mais diversos bairros da capital. A ação também prevê o aumento da frota nos bairros da Capital, no período da manhã, com o mesmo objetivo.

A força-tarefa é resultado de um esforço conjunto do Procon-JP e da Semob-JP para apresentar soluções à população usuária do transporte público. De acordo com o secretário do Procon-JP, Rougger Guerra, o plano de segurança no transporte é frutto de várias reuniões entre Procon-JP, Semob-JP e o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Sintur). “Evitar aglomeração em tempos de pandemia é uma das principais preocupações em relação ao transporte público, principalmente nos horários em que se verifica uma maior movimentação de passageiros. Os ônibus extras vão contemplar as linhas que têm maior demanda de pessoas”.

O Secretário Executivo do Procon-JP, Dr. Júnior Pires, destacou a missão primordial do Procon-JP nesse momento: “O nosso principal objetivo agora é salvar vidas! Com muito trabalho, fiscalização e diálogo conseguimos chegar em algumas medidas que irão evitar aglomerações no transporte público coletivo, beneficiando o consumidor pessoense.”

Quantidade – Rougger Guerra explica que os ônibus só podem levar 12 passageiros em pé, além da ocupação completa das cadeiras. “O interior do veículo deve estar sinalizado para que as pessoas saibam onde devem ficar, mantendo uma distância mínima. É muito importante que nesse momento essas regras sejam seguidas para evitar aglomeração. Para isso, precisamos da compreensão de passageiros e empresários”.

Continua – O Secretário do órgão defesa do consumidor afirma ainda que as ações de fiscalização continuarão. “Agora é o momento de intensificarmos a fiscalização até mesmo para verificar os efeitos práticos do que foi planejado, bem como para avaliar a efetiva melhora no serviço prestado ao consumidor e observância dos protocolos sanitários por parte das empresas”.

Final de semana – O titular do Procon-JP esclarece que os ônibus extras vão atender no horário de pico no Centro da Capital de segunda a sexta-feira, já que o último decreto municipal prevê que nos dois próximos finais de semana alguns serviços presenciais estarão suspensos, a exemplo de bares, restaurantes e academias de ginástica. “Com alguns serviços fechados para atendimento presencial nos dois próximos finais de semana, é natural que haja queda da demanda de passageiros no transporte coletivo. Até porque é o momento das pessoas ficarem em casa e saírem apenas para o estritamente necessário”.

Atendimentos do Procon-JP

Sede: Avenida Pedro I, 473, Tambiá

Horário: Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Telefones para orientação e dúvidas: 0800 083 2015

Whatsapp: 83 98665-0179

Instagram: @proconjp

Email: procon@joãopessoa.pb.gov.br

Reportagem de Evanice Gomes

Previous post Equipes da Prefeitura visitam comunidade da Penha e agendam ações para reduzir efeitos das chuvas
Next post Câmara aprova em 2º turno texto-base da PEC do auxílio emergencial