OPINIÃO | O último ensinamento de José Maranhão: a pandemia não acabou

Causou comoção em todo o Brasil, o falecimento do ex-governador e Senador da República, José Maranhão, na noite desta segunda (08).

Autoridades de todas as partes do país se revezaram para prestar seu pesar e lamentar a partida do político paraibano, vitimado por sequelas da COVID-19.

A trajetória de José Maranhão é digna de filme e livro. Dono de uma reputação ilibada, em mais de 70 anos de vida pública, o ex-governador por três mandatos foi responsável por obras históricas, como o canal da redenção, a adutora acauã e a duplicação da br-230, no trecho João Pessoa – Campina Grande.

Querido por seu povo e reconhecido por aliados e adversários por sua habilidade política, José Maranhão deixa seu último ensinamento ao povo paraibano: A pandemia não acabou. A COVID-19 é uma doença séria e perigosa. Se cuidem. Não arrisquem suas vidas se jogando na incerteza de uma contaminação.

José Maranhão foi um guerreiro. Superou a COVID. Foi vencido pelos ferimentos da batalha. Mas a mensagem da sua morte não será em vão, servirá sempre de alerta para todo o sofrimento que essa doença pode causar. E que ninguém, independente de riqueza, influência ou status social está imune a ela.

Descanse em paz José Maranhão. A Paraíba lhe saúda!

Por J. Laurentino

Esse texto foi recebido por colaboração independente e não reflete, necessariamente, a opinião do Portal NegoPB.

Previous post Corpo do Senador José Maranhão chega ao Palácio da Redenção para ser velado
Next post Cícero Lucena se reúne com embaixador de Portugal e discute acordos comerciais